segunda-feira, 11 de abril de 2011

Incisão da escolha.

Nosso amor é uma faca de dois gumes brandidos pelo destino e admirado por todos os seres. Quando tomamos controle de nosso próprio acaso é quando a espada funciona para nós, cortando todos os sentimentos de depressão e tristeza, deixando-nos em um estado de êxtase exuberante.  Com essa espada com que sentimos uma sensação de segurança, invencível contra todos os que se opõe a nossos sentimentos de amor verdadeiro. Essa força invisível contra nós, esse amor é muito puro para estar errado.
Infelizmente o portador da espada é tão inconseqüente quanto próprio amor transformador.  Estamos destinados a ser assim, sobrecarregados pela presença da escolha.

13 comentários:

Rodrigo Celi disse...

vc escreve bem pakas

adorei esse seu texto sobre o amor
me fez ficar pensando na minha namorada rs

Aneurysm disse...

nossa mt bom, vc escreve mt bem
Parabéns pelo blog
to seguindo *-*


http://aneurysmnanet.blogspot.com/

Luis Miguel disse...

Falow e disse.

Hugo Bittencourt disse...

gostei das analogias usadas, bem inteligente o texto, e o layout do blog ta impecavel. parabéns

Por que você faz poema? disse...

Saber escolher é uma arte.

....Natany disse...

Bom dia à você.
Agradeço sua visita ao meu infinito particular.
Obrigada por compreender um dia ruim.

Nya

- jéssycamonique . disse...

Gostei do texto Jeniffer é tudo o que eu sinto pelo meu namôlindo (:
Adorei o layout do teu blog tb, queria ajeitar o meu pra ficar munitinho *-*
Beijão!

Guedes, disse...

Jeniffer!
Amei o post, apesar de ter dado uma sutil tristeza, por saber que já foi assim comigo um dia e hoje já não existe mais o ontem.
eu anseio por esta plenitude outra vez.
Enfim,
gosto da forma como escreve, me agrada muito, me identifico demais.
Forte abraço, te espero no meu blog.

=)

dinho-music disse...

Ammei o texto, A indecisão do que fazer,as vezes acaba maltratando o coração.

Everson disse...

Pode acreditar, Tulipa Ruiz é bom mesmo!

fica de olho, tem muita coisa massa pra postar... Vê lá, antes tem Apanhador Só!

e sim, olhando teu blog, seguindo.
segue lá!

beijo.

Saulo Thiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Saulo Thiago disse...

gostei do começo triste, do desenrolar romântico e do fim questionador!! ótimo texto!

.layout legal, muito charmosinho!!

http://verdadesquemeconvem.blogspot.com/

soldepadua disse...

muito lindo seu texto, bem espontaneo